TRF-1 suspende liminar que mudava hidrograma de Belo Monte

Liminar impõe danos como impacto financeiro de R$ 500 milhões em 2021, em meio a agravamento de crise hídrica, segundo decisão do desembargador Francisco de Assis Betti

O desembargador Francisco de Assis Betti, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, suspendeu na segunda-feira (26/07) liminar da Vara Federal Cível e Criminal da Subseção Judiciária de Altamira (PA) que, na prática, cancelava os termos do termo de compromisso assinado em fevereiro pelo Ibama e pela Norte Energia, controladora da UHE Belo Monte, referente…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também