Termonorte pede à ANP suspensão da mistura de biodiesel por seis meses

Dificuldades logísticas e impossibilidade de fornecimento de 4,5 milhões de litros por mês para geração emergencial de duas usinas ensejam pedido

A Termonorte pediu à ANP para operar suas térmicas Termonorte I e Termonorte II com o uso de óleo diesel puro, sem a adição de biodiesel, em caráter emergencial durante seis meses, diante de fatores que complicam a operação num cenário de escassez hídrica e necessidade de mais energia no sistema. A empresa já apresentou…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também