STJ retira hidrelétrica da Vale do MRE

Usina está inoperante desde o rompimento da barragem de Mariana em 2015 e vem recebendo valores de compensação financeira do MRE mesmo sem gerar energia

Por unanimidade de votos,  o Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou a retirada a hidrelétrica Risoleta Neves do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE). A medida foi tomada na última quarta-feira (07/10) em atendimento a um pedido da Aneel. A usina, controlada pela mineradora Vale, está inoperante desde 2015 devido aos danos causados pelo rompimento…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também