Proposta do CMSE reduz vazões em até 35%

Jupiá e Porto Primavera terão, respectivamente, vazão defluente de 2.300 m³/s e 2.700 m³/s, de acordo com ata da reunião extra do CMSE

A ata da 248ª Reunião do CMSE, que deliberou pela flexibilização das restrições hídricas em sete reservatórios das bacias dos rios Paraná e São Francisco na semana passada, em caráter extraordinário, com o objetivo de garantir a segurança energética em um cenário de extrema escassez hidrológica, fixou as defluências mínimas dos reservatórios de Jupiá e…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também