Programa piloto de resposta da demanda é prorrogado por mais 12 meses

A Aneel espera que, com a extensão do prazo, haja adesão de novos voluntários, o que aumentará a quantidade de dados necessários para análise dos benefícios do projeto

A Aneel prorrogou por mais 12 meses a vigência do programa piloto de resposta da demanda, um mecanismo estabelecido em 2017 para gerenciar o consumo de energia dos consumidores brasileiros em resposta às variações de preço desse recurso, com compensações financeiras para o cliente. Segundo a agência, a iniciativa tem potencial para contribuir com a…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também