MP da Eletrobras pode aumentar emissões de gases em 45%, diz Iema

Para o instituto, aprovação da contratação compulsória de térmicas pode levar a impacto negativo na competitividade dos leilões, elevando os custos do sistema elétrico

Caso a MP 1.031/2021 que, além da privatização da Eletrobras, inclui a contratação de termelétricas que irão operar em tempo integral seja aprovada, as emissões de gases de efeito estufa anuais representarão acréscimo de 13,1 MtCO2e, segundo estudo do Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema). Isso equivale a um aumento de 24,6% em relação…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também