MP 998: Idec vê risco de alta de tarifas

Aprovação da medida pelo Senado deve ter efeito oposto à proposta, ameaçando futuro de programas de P&D e eficiência energética, avalia entidade

A aprovação da Medida Provisória 998/2020 deve ter efeito oposto à proposta pela iniciativa, ou seja, em vez de aliviar impactos tarifários, deve proporcionar aumentos nos custos da energia, na visão do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Segundo a entidade, o texto aprovado pelo Senado traz “mudanças gravíssimas” em relação à Angra 3…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também