Marco legal para geração distribuída é o melhor caminho, diz Absolar

Associação acredita que lei afastará risco de retrocessos à energia solar e calcula que a GD trará mais de R$ 13,3 bilhões em benefícios líquidos para todos os consumidores até 2035

Para a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o melhor caminho para afastar o risco de retrocesso à energia solar e demais fontes renováveis é a construção de um marco legal para a geração distribuída no Brasil, atualmente em debate no Congresso Nacional por meio de projetos de lei, como o PL 5829/2019, de…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também