Justiça determina que Belo Monte conclua regularização fundiária de terras indígenas

União e Funai terão que apresentar cronograma de conclusão dos processos e Norte Energia terá que criar comitê para ações que envolvem nove povos indígenas

Além da elevação de vazões determinada pelo Ibama, Belo Monte terá que solucionar questão fundiária envolvendo indígenas da região. Decisão da Justiça Federal em Altamira (PA) estabelece que a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) apresentem, no prazo de 90 dias, um cronograma para conclusão dos processos de regularização fundiária das terras indígenas…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também