Grupo técnico vai monitorar situação do Rio Paraná

ANA cria grupo, que será coordenado pelo diretor Oscar Cordeiro Netto; agência declarou situação crítica de escassez hídrica, em vigor até final de novembro

A Agência Nacional de Águas (ANA) criou um grupo técnico para acompanhar a situação da bacia do Rio Paraná, bem como para assessorar a agência na adoção de medidas que mitiguem o quadro de escassez na região. A ANA declarou situação crítica de escassez hídrica, em vigor até o final de novembro. O grupo será…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também