Geladeiras mais eficientes podem economizar R$ 101 bi, aponta Instituto Escolhas

Gasto é de quase R$ 400 bi em 10 anos caso etiquetagem atual seja mantida; PBE em debate no Inmetro não é atualizado há 15 anos, afirma Rafaela Silva

O Brasil pode economizar R$ 101 bilhões com energia elétrica até 2030 caso as geladeiras à venda atualmente fossem mais eficientes. Mas na direção oposta, mantido o quadro atual, os brasileiros gastariam no mesmo período R$ 400 bilhões. Essa é uma das conclusões preliminares do Instituto Escolhas, que está preparando uma contribuição à consulta pública…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também