Distribuidoras e governo estudam como reduzir déficit da bandeira escassez hídrica

Arrecadação da bandeira escassez hídrica é insuficiente para cobrir custos com despacho térmico

As distribuidoras e o governo estão debatendo como será a mitigação dos efeitos da crise hídrica sobre as finanças dessas empresas. Na última quarta-feira (13/10), a secretária-executiva do MME, Marisete Dadald Pereira, reconheceu que a arrecadação da Bandeira Escassez Hídrica não é suficiente para cobrir os custos com a compra da geração emergencial. Marisete descartou,…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá! posso te ajudar?