Notícias diárias e fatos da indústria de Energia e Gás downstream.
Patrocinado
Conteúdo produzido por Voltalia
16 de janeiro de 2024

Voltalia amplia contratos de O&M para terceiros

Uma das mais importantes empreendedoras e geradoras de energia renovável do País, a Voltalia, com mais de 1 GW em parques eólicos e solares em operação, está também se consolidando na área de serviços de operação e manutenção para usinas.

A unidade de negócios Voltalia Serviços já contabiliza 3,2 GW em contratos de O&M, sendo que mais de 54% do portfólio, cerca de 1,8 GW, para atender demandas de terceiros. Isso porque os restantes 1,4 GW são serviços prestados para as próprias instalações da Voltalia.

Entre os contratos, 1,59 GW são contratos O&M para eólicas, entre eles um assinado com a Copel, em um dos parques já construídos e em operação pela Voltalia no cluster híbrido Serra Branca, entre os municípios de Areia Branca e Serra do Mel, no Rio Grande do Norte, cujo potencial pode chegar a 2,4 GW com as duas fontes nos próximos anos.

São mais 790 MWp em contratos de O&M de parques solares. Nesse caso, além de serviços prestados para operações no cluster Serra Branca, há também contrato com a usina solar fotovoltaica Milagres, no município de Abaiara, no Ceará, da britânica Lightsource bp, com previsão de entrar em operação em 2024.

 

Serviços

Os contratos da Voltalia Serviços envolvem a operação remota dos ativos de renováveis, a partir do Centro de Operações (COG), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, o que inclui despacho das usinas junto ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). No caso da fonte eólica, assim como para a solar e para subestações das usinas, inclui também a manutenção da área de infraestrutura, o chamado BOP (do inglês Balance on Plant), que engloba as redes, linhas e transformadores dos complexos.

Já especificamente para as usinas solares o escopo é maior. Além da operação remota, inclui os serviços de O&M no local, a manutenção anual e preventiva da subestação e das linhas de transmissão e inspeção de módulos por termografia aérea, operada por drones, para identificar pontos frios ou quentes dos painéis, para controle de desempenho de geração.

Outro serviço especializado para as usinas solares é a lavagem dos módulos, realizada duas vezes por ano, ponto fundamental para manter a eficiência da geração ao longo de sua vida útil.

A lavagem é realizada por meio de tratores acoplados a um dispositivo de escova específico, que tem um mecanismo giratório em 180º, de modo a permitir a limpeza flexível dos módulos. Além disso, o tanque transportado na traseira do trator garante o abastecimento de água durante a limpeza mesmo em dias sem chuva.

A equipe de manutenção da Voltalia também é preparada para realizar o controle de vegetação nos complexos solares, para evitar da mesma forma interferência na capacidade de geração e o serviço é realizado por meio de tratores acoplados com dispositivo Handy Berti. Apesar da frequência da limpeza depender da região e do clima, ela também normalmente é realizada duas vezes por ano.

Esse serviço, aliás, pode no futuro ser feito a partir de modelo adotado pela Voltalia em projetos na Espanha, onde ovelhas são utilizadas para suprimir a vegetação, o que reduz a quantidade de horas/máquina e uso de diesel para os tratores. A subsidiária brasileira está em fase de estudos para replicar o modelo no Brasil.


www.voltalia.com
(21) 2221-7190
[email protected]

Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá! posso te ajudar?