Consórcio vai estruturar projeto de conclusão de Angra 3

Tractebel e Empresarios Agrupados foram contratadas pelo BNDES para ajudar na conclusão de Angra 3, com previsão de iniciar operação em janeiro de 2026

O BNDES assinou contrato com o consórcio Angra Eurobras NES, vencedor da concorrência para a estruturação do projeto de retomada e conclusão das obras da usina nuclear de Angra 3. A unidade terá potência instalada de 1.405 MW. A retomada das obras estava prevista para acontecer este ano, com a inclusão da usina no Programa…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também