Conselho da Light aprova venda de PCHs à Brasal Energia

Negócio de R$ 206,415 milhões envolve 51% de participação nas subsidiárias LightGer e Guanhães Energia

O conselho de administração da Light aprovou a venda de participações acionárias em duas subsidiárias: a Lightger e a Guanhães Energia, que controlam cinco usinas com 69 MW de capacidade instalada. A empresa havia anunciado o negócio de R$ 206,415 milhões em dezembro passado, como parte de seu plano de desinvestimento em atividades consideradas non-core.…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também