Notícias diárias e fatos da indústria de Energia e Gás downstream.

Radar » Cemig perdeu 283 MW com Santo Antônio e Renova

Consumidores

Cimenteiras assumem vanguarda da valorização energética de resíduos

Indústria de cimento já coprocessou 22,5 milhões de toneladas de resíduos em seus fornos, substituindo 11 milhões de t de pet-coque

b


A indústria cimenteira nacional já conseguiu valorizar energeticamente, desde 1996, 22,5 milhões de toneladas de resíduos, segundo levantamento da consultoria W4Resources. O montante foi utilizado no período no chamado coprocessamento de resíduos em fornos de cimento, que nada mais é do que a substituição nesses equipamentos térmicos do combustível fóssil, no caso o coque de…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 4,00 por dia.

Assine
Ou

Você pode ler nosso conteúdo exclusivo adquirindo pacotes de créditos para acessar matérias avulsas

COMPRE AQUI

Leia também
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá! posso te ajudar?