Chesf adere a repactuação do GSF

Empresa decide declinar de processos judiciais e deve pagar em 05/08 montante de R$ 1, 415 bilhão em passivo do risco hidrológico

A Chesf vai aderir à repactuação do GSF, desistindo das ações judiciais em curso, que garantem neutralidade dos efeitos do rateio de liminares de outros agentes e dos efeitos do risco hidrológico, quando inferior a 95%, nas contabilizações no Mercado de Curto Prazo (MCP). Segundo fato relevante, divulgado pela Eletrobras na noite da última segunda-feira…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também