Notícias diárias e fatos da indústria de Energia e Gás downstream.

Cemig quer manter Emborcação e Nova Ponte

Concessões vencem em 2025 e representam mais da metade da capacidade atual de geração da companhia

Ainda traumatizada com a perda das concessões das hidrelétricas São Simão, Jaguara, Volta Grande e Miranda, que totalizam 2.922 MW, leiloadas em 2017, a Cemig tem como um dos seus objetivos estratégicos manter o controle das três próximas a vencer, a pequena Sá Carvalho (78 MW), em 2024, e Emborcação (1.192 MW) e Nova Ponte…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também