Cemig estuda quase 500 MW em híbridas hidrelétricas-solares

Empresa estuda três possibilidades da combinação hidrelétrica-solar, e analisa possibilidades de projetos eólicos e solares

A Cemig vem revelando-se uma das geradoras do país mais adiantadas nos estudos para implantação de usinas híbridas, especialmente na combinação hidrelétrica-solar. Além dos já anunciados dois parques fotovoltaicos que a empresa pretende instalar na superfície do reservatório de Três Marias, totalizando 270 MW (um de 60 MW e outro de 210 MW), ela estuda…

Se já for assinante, faça seu login

Entrar
Ou
Nosso conteúdo é exclusivo para assinantes, mas
você pode se cadastrar para continuar lendo

e ainda ter acesso a 3 matérias por mês. (apenas para não assinantes)

Cadastre-se aqui


Ou

O assinante da Brasil Energia tem acesso ilimitado a conteúdo exclusivo sobre todo o setor energético
elaborado por jornalistas qualificados e a análises de especialistas do mercado.
Apoie o jornalismo especializado e faça a sua assinatura por menos de R$ 2,70 por dia.

Assine
Leia também